Este sitio web utiliza cookies para poder poner a disposición diferentes funciones, para personalizar la visualización de la página y para analizar los accesos. Al utilizar este sitio web aceptas el uso de cookies. Más información  OK

¿Qué es nuevo?

ROGÉRIO SANTOS DA SILVA


Miembro Basic, CANOAS, RS

VELHO GALPÃO

Meu velho galpão querido

Que o tempo conservou

E no Rio Grande ficou

Para lembrar o passado

É um palanque cravado

Embelezando a paisagem

Hoje me serve de tema

Que da memória reponto

O que nestes versos, conto

Vai pra ti minha homenagem




Não agüentando a saudade

Voltei te ver novamente

E aqui estamos frente a frente

Meu Galpão velho de cerno

Não nasceu pra ser moderno

Que o mundo todo compreenda

Nasceu pra ser o abrigo

Do autêntico gaúcho

Que não te troco por luxo

Da sala de uma fazenda.

Comentarios 0

Etiqueta

Información

Categoría Naturaleza
Clics 670
Publicada
Licencia

Exif

Cámara FinePix S4000
Objetivo ---
Diafragma 3.1
Tiempo de exposición 1/34
Distancia focal 4.3 mm
ISO 200